Sermos Galiza: jornal digital e desenho de cabeçalho.

Sermos Galiza foi um projeto ilusionante pola envergadura do mesmo e a diversidade de áreas nas que nos permitiu aplicarmo-nos. Trabalhamos integrados com as jornalistas que no dia a dia fazem o jornal, e com a equipa de desenvolvimento que converteu em código os nossos desenhos. Foi um trabalho de compromissos, adaptaçom às limitaçons tecnológicas e às necessidades cambiantes de um periódico nascente, mas o resultado foi excelente e enche-nos de orgulho cada semana ver a versom impressa nos andeis, e as notícias partilhadas nas redes sociais.

sermoscabezalho

Para Sermos Galiza criamos o desenho de cabeceira, inspirado nos jornais das irmandades galegas na emigraçom. Buscamos algo que se identificasse univocamente como galego, vencelhado à nossa história, mas também como contemporáneo. Assim, realizamos uma síntese e adaptaçom da tradiçom epigráfica nacional, tantas vezes usada bem e mal, integrando-a numha letra sem serifas, da tradiçom das grotesk, geométrica e rotunda, que encaixa na limpeza com que concibimos o resto do desenho.

sermos-mockup-finalO desenho da página web buscou, deliberadamente, rachar com parte das tradiçons herdadas da ediçom impressa por muitos jornais on-line. Quixemos conseguir um desenho limpo, estruturado, ordenado, em que a informaçom e a notícia fossem protagonistas e o grafismo nom distraesse o leitor. Simultaneamente, criamos umha imagem visual bem definida com as cores e a estrutura que permitisse, dumha vista de olhos, identificar o jornal.

Fizemos trabalho consultor na criaçom da versom impressa do jornal. Os elementos gráficos básicos tomarom-se do desenho web, mas adaptados para o papel. A través dum processo iterativo ajudamos as desenhadoras do semanário a desenvolver um primeiro livro de estilo que desse forma ao projeto nascente.

sermos-dossier-01