Sermos Galiza: jornal digital e desenho de cabeçalho.

Sermos Galiza foi um projeto ilusionante pola envergadura do mesmo e a diversidade de áreas nas que nos permitiu aplicarmo-nos. Trabalhamos integrados com as jornalistas que no dia a dia fazem o jornal, e com a equipa de desenvolvimento que converteu em código os nossos desenhos. Foi um trabalho de compromissos, adaptaçom às limitaçons tecnológicas e às necessidades cambiantes de um periódico nascente, mas o resultado foi excelente e enche-nos de orgulho cada semana ver a versom impressa nos andeis, e as notícias partilhadas nas redes sociais.

sermoscabezalho

Para Sermos Galiza criamos o desenho de cabeceira, inspirado nos jornais das irmandades galegas na emigraçom. Buscamos algo que se identificasse univocamente como galego, vencelhado à nossa história, mas também como contemporáneo. Assim, realizamos uma síntese e adaptaçom da tradiçom epigráfica nacional, tantas vezes usada bem e mal, integrando-a numha letra sem serifas, da tradiçom das grotesk, geométrica e rotunda, que encaixa na limpeza com que concibimos o resto do desenho.

sermos-mockup-finalO desenho da página web buscou, deliberadamente, rachar com parte das tradiçons herdadas da ediçom impressa por muitos jornais on-line. Quixemos conseguir um desenho limpo, estruturado, ordenado, em que a informaçom e a notícia fossem protagonistas e o grafismo nom distraesse o leitor. Simultaneamente, criamos umha imagem visual bem definida com as cores e a estrutura que permitisse, dumha vista de olhos, identificar o jornal.

Fizemos trabalho consultor na criaçom da versom impressa do jornal. Os elementos gráficos básicos tomarom-se do desenho web, mas adaptados para o papel. A través dum processo iterativo ajudamos as desenhadoras do semanário a desenvolver um primeiro livro de estilo que desse forma ao projeto nascente.

sermos-dossier-01



Preçadas amigas e amigos.

Desde a Sacauntos queremos comunicar-vos que estamos a tomar todas as medidas e acçons na nossa mao para cumprir com as recomendaçons e normas da OMS e as diferentes administraçons públicas.
Seguiremos com a nossa actividade sempre que a nossa segurança e a da nossa clientela nom se veja em risco, polo que queremos transmitir-vos uma mensagem de calma, tranquilidade e confiança.
Para ajudarmos a evitar a propagaçom da COVID-19, reunida a nossa assembleia a passada sexta-feira, decidimos tomar as seguintes medidas que afetam à nossa relaçom comercial convosco:

→ Enviar todos os trabalhos exclusivamente mediante serviço de transporte, evitando assim o contacto direto. Para facilitar isto, durante o tempo que dure a emergência, os envios por transportadora serám de balde.

→ Com esta mesma ideia de evitar o contacto físico, a nossa comunicaçom convosco realizará-se exclusivamente por telefone ou por correio eletrónico. As portas do nosso centro de trabalho ficarám fechadas para o público.

→ Os pagamentos serám exclusivamente mediante transferência bancária.

Ademais destas medidas, queremos comunicar-vos que pode que alguns trabalhos sofram atrasos ou aprazamentos. Tentaremos na medida do possível cumprir com as entregas regulares, mas som muitos os factores que influem na produçom (dependência de provedores de matéria prima, conciliaçom familiar das trabalhadoras etc.), polo que cabe a possibilidade de que alguns trabalhos devam ser adiados. Sempre que isto ocorra comunicaremos-nos convosco decontado para minimizar as consequências negativas que disto se possam derivar.

Muito obrigadas pola vossa compreensom.